Como evitar que a água pegue gosto na geladeira?


Quando colocamos água na geladeira, é bem comum que ela pegue gosto dos outros alimentos armazenados. Exatamente por isso, é comum dizermos que a água está com gosto de geladeira. No entanto, esse problema é facilmente solucionável e o AnaMaria Receitas te mostra como!

Por que a água pega gosto na geladeira?

Por mais que não pareça, a sua geladeira é a casa de milhares de partículas que estão presentes nos alimentos. E isso é perfeitamente normal, assim como é comum que essas partículas saiam dos alimentos junto com a umidade que eles perdem na refrigeração. 

Contudo, é no momento que outros recipientes que estão na geladeira encontram essas partículas que os gostos e cheiros começam a se misturar. E essa “mistureba microscópia” fica mais perceptível na água, já que ela recebe um gosto e cheiro que não deveria ter. 

Como evitar que esse problema aconteça? 

Precisamos dar foco total à limpeza da sua geladeira. Por mais que seja uma faxina chata de fazer, o seu refrigerador precisa ver um paninho molhado com sabão pelo menos uma vez por mês. A boa notícia é que não precisa ser nada muito além disso. 

Se quiser usar receitinhas caseiras, misture 3 partes de água para uma de bicarbonato ou de vinagre de álcool. Molhe um pano na misturinha e passe pela geladeira inteira. Ambos funcionam bem para tirar o cheiro forte de algum alimento. 

Além disso, evite armazenar alimentos sem algum tipo de recipiente. Isso faz com que as partículas se espalhem e se misturem com mais facilidade. Então, sempre guarde tudo em um pote ou plástico. 

Por fim, depois de uma boa limpeza, coloque um pedaço de carvão ativado na porta, ou no fundo, da geladeira. Ele vai absorver as partículas flutuantes e, assim, a sua água não vai mais ficar com aquele gosto estranho. 

Ah, e não se esqueça de colocar a sua água em um recipiente com tampa! As jarras são legais, mas, quanto mais vedada, menos chances de sua água ficar com gosto!

3 cuidados que você precisa ter para as suas panelas durarem mais


As panelas são os utensílios mais importantes da sua cozinha e, por isso, elas devem ter alguns cuidados especiais para evitar qualquer tipo de dano. Aliás, quando uma panela estraga, além de dificultar o uso dela, há o risco de contaminação dos alimentos. 

Para evitar qualquer problema, o AnaMaria Receitas fez esse guia de cuidados que você deve ter com suas panelas. Assim, elas duram muito mais tempo e seus alimentos são preparados com maior segurança. 

Antes do primeiro uso

Algumas pessoas acham que isso vale apenas para panelas antiaderentes, mas, na verdade, as de ferro e alumínio também podem receber esse tratamento. Chamada de “cura com óleo”, consiste em, basicamente, banhar a superfície com óleo com o intuito de firmar o revestimento da sua panela. 

Comece lavando a sua panela nova com delicadeza, usando o lado amarelo da esponjinha, além de detergente. Na sequência, adicione um pouco de óleo na panela e coloque no fogo por alguns minutinhos. Espere esfriar e lave novamente com a mesma parte macia da esponja. 

Se quiser ser ainda mais cuidadoso, repita esse processo uma ou duas vezes ao ano. Assim, sua panela ficará ainda mais lisinha e antiaderente. 

Durante o uso

As panelas de ferro devem ser aquecidas antes de qualquer preparo. Não precisa deixar muito tempo: 3 minutinhos no fogo alto já é o suficiente para evitar que os alimentos fiquem grudados

Já com as panelas antiaderentes, tome cuidado com as altas temperaturas. Evite preparar alimentos que precisem de muito tempo no fogo e – preste atenção –  jamais as coloque no forno. Se a sua panela ficar muito quente, a camada antiaderente pode ficar danificada, diminuindo suas propriedades e podendo, até mesmo, contaminar seus alimentos. 

Fora isso, em qualquer tipo de panela, prefira o uso de utensílios de silicone, madeira ou nylon. Utilizar talheres comuns pode arranhar a sua panela e, assim, prejudicar o seu funcionamento. 

Limpeza e conservação 

Assim como a limpeza do primeiro uso, use apenas a parte macia da esponja para lavar suas panelas. Outra dica fundamental: nunca lave a panela quente. Mesmo se tiver algum alimento grudado, melhor deixar de molho com água e detergente. Prefira lavar algumas vezes do que partir para a esponja de aço. 

Outra questão: panelas de ferro correm o risco de enferrujar. Para retirar a ferrugem, coloque a sua panela de molho com uma mistura de metade água e a outra metade vinagre. Deixe a submersa por algumas horas. Depois, retire e lave normalmente.

Não existem evidências que alimentos preparados nas panelas enferrujadas prejudiquem nossa saúde, contudo, a ferrugem pode degradar o seu utensílio. Para evitar ferrugens futuras, guarde sua panela sempre bem seca e faça a cura com óleo após retirar a ferrugem. 

Para todas as panelas, guardá-las com pedaços de papel toalha entre elas pode ser muito positivo. Isso porque o uso dele evita a absorção de umidade e diminui a chance de riscar o fundo delas.

Truques de cozinha usando limão!


Bolos, mousses e risotos ficam maravilhosos quando colocamos limão na receita. Mas além de deixar seus pratos mais saborosos, o limão pode ser um amigo precioso para manter a sua vida culinária mais prática. Veja os truques com limão que o AnaMaria Receitas separou para você, teste e nos conte o que achou!

Arroz soltinho sem estresse!

Foi fazer arroz, não usou as dicas do AnaMaria Receitas e ele ficou empapado? Não se preocupe que o limão veio te salvar. Coloque uma misturinha de limão com água fria quando o arroz estiver quase pronto! Não se preocupe com o sabor, o limão não irá interferir em nada. 

Equilibra o sal da comida 

Quem acompanha o AnaMaria Receitas também já sabe alguns truques quando colocamos muito sal na comida. Mas quando se trata de arroz ou feijão, o limão também consegue ser o herói do dia. Adicione algumas gotas do suco na panela com o arroz e, com o feijão, adicione com cuidado para não alterar o sabor do caldo. 

Deixa as frutas fresquinhas

Sabe quando a maçã ou a pera ficam um pouco escuras quando guardamos elas cortadas? O limão também pode ajudar nessa situação. Logo depois de cortar as frutas, esprema um pouco de limão nos pedaços e guarde na geladeira. Mas não demore muito para comer, o limão ajuda, mas não faz milagres!

Limão: o produto de limpeza perfeito

Você também pode usar uma metade de limão para tirar a gordura do fogão e panelas. Ou misturar o suco com um pouco de água e colocar no microondas por 5 minutos para tirar o cheiro de comida e facilitar na limpeza da sujeira. Ou até mesmo colocar algumas raspas de limão no fundo do lixo para que o odor da lixeira não contamine a cozinha inteira. Realmente, uma fruta multiuso.

Como limpar a garrafinha de água? Confira dicas!


Há quantos anos você tem a sua garrafinha de água? Algumas pessoas simplesmente não desgrudam da garrafa de água, o que é muito bom para sua saúde e para o meio ambiente já que ela não é descartável! Mas devemos tomar alguns cuidados na higienização da nossa fiel companheira. 

Limpá-la com frequência é necessário tanto para garantir a durabilidade da sua garrafa, quanto para eliminar as bactérias que se acumulam nela durante o tempo. Então veja como limpar sua garrafinha de água de maneira rápida, fácil e eficiente com o AnaMaria Receitas e deixe-a brilhando!

Detergente e água morna 

Basta colocar 1 gota de detergente dentro da garrafa e completar o resto com água morna. Mexa um pouco a garrafa e enxágue com água até sair todo o detergente. Esse método é o melhor na maioria das garrafinhas, menos as de plástico descartáveis. 

Em contato com o calor, o plástico pode soltar algumas substâncias ruins. Faça o mesmo processo, mas com água gelada. 

Vinagre

Coloque uma colher de chá de vinagre dentro da garrafa e deixe de molho com água por no mínimo 8 horas. O vinagre funciona como desinfetante e remove os odores que a garrafa pode vir a ter. Enxágue normalmente depois e se quiser lavar com detergente melhor ainda!

Ainda é importante ler as recomendações do fabricante antes da lavagem. O vinagre é ótimo para eliminar as sujeiras, mas pode ser corrosivo dependendo do material – principalmente o alumínio.

Bicarbonato 

Uma colher de chá de bicarbonato e o resto de água, assim como no processo do vinagre. Pode deixar de molho por alguns minutos se quiser e depois enxágue bem. Por mais que o bicarbonato ajude a neutralizar odores, gorduras e sujeiras difíceis, é necessário conferir se ele não irá danificar as superfícies da sua garrafinha. 

Como limpar a tampa?

Para a tampa sabemos que às vezes o processo pode ser mais desafiador. Ainda mais quando elas são complexas com canudos e bocas diferentes. O melhor jeito é deixar de molho em alguma das soluções que sugerimos e depois enxaguar bem. 

E, para garantir uma limpeza ainda mais profunda, opte por uma escova de dentes ou as escovinhas de limpar mamadeira. Elas conseguem alcançar cantinhos traiçoeiros, mas sempre opte pelas mais molinhas – a chance de danificarem sua garrafa é bem menor. 

Higienizando a parte de fora

Com certeza a parte mais fácil de limpar é a parte de fora da garrafinha. Com um paninho ou com o lado macio da esponja, lave a superfície com detergente, vinagre ou bicarbonato. 

Uma dica é passar um papel toalha ou álcool 70% na superfície de fora da garrafa. Seja na academia, no trabalho ou em casa, isso diminuirá o risco de bactérias se alastrarem pela garrafinha. 

Posso usar garrafinha de água descartável? Foto: Pixabay

Qual a melhor garrafinha?

Não existe uma garrafinha perfeita, todas são muito boas, mas cada uma tem seu cuidado. A térmica é a que mais promete benefícios e praticidade, mas além dos cuidados de limpeza, o dono precisa ter atenção em outros pontos para não prejudicar a potência térmica da garrafa. Evite colocar gelo ou na geladeira e troque de água a cada três horas – mesmo se a água estiver gelada. 

O mesmo vale para as garrafinhas gigantescas de 3 litros que estão super na moda. Mesmo com a garrafa higienizada, deixar a água parada pode ser bem anti higiênico. 

Outro ponto é optar por garrafas sem canudo. Eles são difíceis de limpar e acumulam sujeira e umidade. Então mesmo lavando bem, a durabilidade será pouca. 

Já as garrafinhas descartáveis não foram feitas para durar mais de 3 ou 4 dias, então devem ser trocadas com frequência. 

Os especialistas indicam a garrafa de vidro transparente. A transparência permite que o dono veja a cor da água, limpe com facilidade e, por ser feita de vidro, acumula menos secreções. 

As garrafinhas de água são ótimas para o dia a dia. Nos mantém hidratados e evita o descarte de plástico desnecessário. Cuidando direitinho, elas se tornam nossas fiéis companheiras!

Aprenda a lavar suas frutas e vegetais corretamente!


Durante a pandemia, muitas pessoas recorreram à lavagem de frutas e vegetais em busca de prevenir a contaminação do vírus. No entanto, os benefícios de higienizar os alimentos antes de guardá-los vão para além do Covid. 

Salmonella, hepatite A, botulismo, diversos tipos de parasitas e intoxicação alimentar são apenas algumas doenças que temos risco de pegar pela falta de higienização dos alimentos. Isso porque frutas e vegetais ficam expostas a microrganismos durante a plantação, colheita e até mesmo no supermercado. 

Fora isso, já sabemos que a maioria dos alimentos naturais que consumimos são cheios de agrotóxicos. Claro que nem sempre conseguimos tirá-los da comida, principalmente se essas substâncias alcançaram a polpa. Mas uma boa lavagem consegue eliminar cerca de 90% desses inseticidas. 

Sendo assim, aprenda a higienizar suas frutas e vegetais corretamente com o AnaMaria Receitas, de uma forma rápida e eficiente!

Lave as frutas e vegetais com água sanitária!

Parece loucura, mas, segundo especialistas, a água sanitária é a forma mais eficaz de retirar as impurezas das frutas e vegetais. Porém, precisamos ter cuidado: utilizá-la na quantidade errada pode dar complicações sérias de saúde. 

Então, para não ter problemas, utilize a receitinha do AnaMaria Receitas. A proporção é de 1 colher de sopa de água sanitária (hipoclorito de sódio) para cada litro de água filtrada. Siga as instruções:

  • Lave as frutas e vegetais em água corrente primeiro. Isso elimina o excesso de sujeiras presentes nas embalagens e aquelas que vieram no supermercado. 
  • Durante esse processo você pode fazer a pré-seleção dos alimentos que não estão bons para consumo como os morangos, uvas e folhas manchadas. 
  • Agora é a hora da misturinha. Coloque-a em um recipiente fundo e deixe suas frutas e vegetais de molho por 10 a 15 minutos. 
  • Depois do tempo indicado lave os vegetais em água corrente. Isso elimina as sujeiras e evita contaminação de água sanitária. 
  • Última dica: se você pretende guardar esses alimentos na geladeira, experimente secá-los com papel toalha para conservar o alimento por mais tempo. 
Lave seus vegetais corretamente
Lave seus vegetais corretamente/ Foto: Pixabay

Outras formas de lavar

Obviamente existem diversos jeitos de higienizar seus alimentos. O AnaMaria Receitas também indica a utilização de 2 colheres de sopa de vinagre de álcool para cada litro de água. É o mesmo processo e, como o vinagre não é tóxico para nós, não tem perigo deixar mais tempo do que o necessário. 

Como limpar a grelha da churrasqueira?


Futebol, carne na brasa e latinha na mão, entende o valor que isso tem? Realmente um bom churrasco faz a qualidade de vida do brasileiro aumentar significativamente. No entanto, logo após o evento chega a hora da limpeza massiva da churrasqueira. Mas e se eu te contar que existem algumas formas simples de realizar esse trabalho? Confira os métodos infalíveis do AnaMaria Receitas para limpar a grelha da sua churrasqueira!

Cuidados pré-limpeza

Como a grelha da churrasqueira está exposta a temperaturas muito altas, é importantíssimo ter cuidado para não se queimar durante a limpeza. O ideal seria esperar ela esfriar antes de colocar a mão na massa, porém isso pode endurecer a gordura e torná-la ainda mais difícil de remover. Assim, a primeira dica é utilizar luvas que, além de protegerem a sua pele dos produtos de limpeza, ainda vão prevenir queimaduras cruéis!

Além disso, se gordura endurecida já é difícil de lidar, imagine gorduras sobrepostas e antigas… Por isso, evite guardar a churrasqueira sem limpá-la corretamente. Isso dificulta as próximas limpezas e o excesso de gordura queimada pode ainda alterar o sabor do seu churrasco, além de não ser nada higiênico, né? 

Outra dica super importante é evitar a escova de alumínio. O maior problema dela são as cerdas que podem acabar infectando a sua comida. Já houveram casos de cirurgia para retirar o objeto do corpo. Por isso, é melhor seguir utilizando esponjas macias de cozinha mesmo. 

Agora que você já sabe o que fazer e o que evitar antes de lavar sua grelha, veja alguns métodos incríveis que o AnaMaria Receitas separou para facilitar sua vida!

Não complica, faz o básico!

Se você não sabe, o desengordurante é o produto de limpeza perfeito para tirar o resíduo gorduroso do churrasco de sua grelha. A aplicação dele deve seguir alguns passos para que fique mais simples:

  1. Certifique-se que a churrasqueira está desligada e a grelha morna – não muito quente para não te queimar!
  2. Aplique o desengordurante com um paninho ou papel toalha e deixe de molho por alguns minutos para soltar a gordura. 
  3. Depois remova o produto com uma esponja com água e detergente. Utilize a parte lisa da esponja. 
  4. Caso a gordura ainda fique lá mesmo após a lavagem, repita o processo ou experimente outros métodos. 
grelha da churrasqueira (1)
Cuidados com a churrasqueira são importantes/ Foto: Pixabay

Bicarbonato de sódio

O inimigo das sujeiras e herói da limpeza, o bicarbonato de sódio voltou e dessa vez trouxe seu aliado: vinagre branco. O passo a passo é simples e geralmente promove bons resultados:

  1. Com uma esponja macia, aplique uma camada fina e bicarbonato pela grelha. Deixe de molho por alguns minutos.
  2. Coloque o vinagre em um borrifador e aplique sobre o bicarbonato e esfregue com a esponja macia
  3. Espere um pouco e depois enxague com água e detergente normal. 
  4. Caso for necessário, repita o processo ou utilize outro método. 

Água quente e detergente normal

Geralmente é a primeira opção para muitos, no entanto, com o uso de água gelada, assim como utilizamos para lavar os pratos normais. No entanto, a grelha da churrasqueira reúne uma quantidade de gordura bem maior e que requer um cuidado a mais. Por isso, indicamos o uso de água quente para amolecer a gordura e permitir uma limpeza mais suave. 

Você pode tentar limpar a grelha na mesma lavagem de pratos de cozinha, mas isso vai levar muito esforço e tempo desnecessários. Uma forma de facilitar isso é deixar o instrumento de molho:

  1. Selecione um balde que comporte a grelha como um todo. 
  2. Adicione água quente e uma boa quantidade de detergente no balde. 
  3. Misture e deixe de molho. O objetivo é fazer a gordura desgrudar da grelha. 
  4. Agora é só retirar o que restou esfregando a esponja macia na grelha. 
limpeza da currasqueira
Esponjas macias são melhores para evitar problemas/ Foto: Pixabay

Pão de aço?

Essa dica utiliza um pão velho e endurecido. Ele funciona como uma esponja de aço mas sem riscar sua grelha nem contaminar sua comida, além de ser uma ótima forma de utilizar um pão que provavelmente não seria consumido. Veja só:

  1. Corte o pão duro ao meio. 
  2. Passe por toda a grelha em movimentos de vai e vem para frente e para trás. 
  3. Depois de “lixar” o excesso da gordura, lave com água morna e detergente normal.

Latinha como espátula de limpeza

Lembra daquela latinha gelada do início do texto? Que tal reaproveitá-la para a limpeza da churrasqueira? O passo a passo é simples e todos podem fazer!

  1. Utilize o desengordurante de sua preferência aplicando-o por toda a grelha. 
  2. Deixe de molho por um tempinho antes de passar a “boca” da latinha como uma espátula de gordura. 
  3. Por fim, enxague o excesso de desengordurante e gordura com água corrente e, se precisar, passe uma esponja macia. 

Aqui estão as 5 maneiras simples e rápidas que o AnaMaria separou para acabar com a sua dificuldade de limpar sua churrasqueira. Veja essa matéria sobre o ponto da carne e planeje seu próximo churrasco!

Receitas caseiras para a limpeza da cozinha!


Quando o assunto é limpeza da cozinha já imaginamos o esfrega esfrega clássico que, além de ser mega cansativo e demorado, é superestressante. E ainda pode ser bem desmotivador saber que, após preparar um prato mais complexo, o processo da limpeza será longo e desagradável. Mas e se você tivesse truques caseiros para te ajudar nessa missão? Confira algumas receitinhas fáceis e baratas do AnaMaria Receitas que deixarão sua casa um brinco – e sem dor de cabeça!

Multiuso favorito!

Quem nunca ouviu falar da receitinha clássica de vinagre e bicarbonato não sabe o que está perdendo! Afinal, não é por nada que essa receita é a favorita na hora da limpeza. Veja como fazer e onde podemos usá-la: 

Ingredientes: 

  • suco de 1 limão
  • 2 colheres de sopa de vinagre branco
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • 500ml de água (morna ou em temperatura ambiente)

Misture tudo e coloque em um recipiente prático de limpeza (o ideal é um borrifador). Essa misturinha resulta em um ótimo desengordurante e pasme: pode ser usada em todo lugar! Desde o sofá até panelas engorduradas, o bicarbonato com vinagre será seu melhor amigo. 

receitas caseiras para limpar a cozinha
Receitas caseiras para limpar sua cozinha/ Foto: Pixabay

Microondas branquinho!

Entre manchas amareladas e mau cheiro, o microondas precisa de muita atenção no dia a dia para que ele sempre esteja limpinho. Veja mais dicas com o AnaMaria Receitas!

Ingredientes:

  • Vinagre de álcool
  • Bicarbonato de sódio

Misture esses ingredientes e, com o auxílio de uma esponja macia, aplique o produtinho sobre as manchas amareladas do microondas e deixe de molho por 30 minutos. Após esse tempo, remova a mistura do microondas com um pano molhado com água e detergente. Se precisar, esfregue um pouco. 

Pastinha para o fogão

Lembra da mistura do multiuso? Ela é multiuso mesmo! Experimente limpar seu fogão e forno com ela (em uma proporção um pouco diferente):

Ingredientes:

  • 500ml de água morna/quente 
  • ½ xícara de vinagre
  • suco de ½ limão
  • bicarbonato de sódio

O segredo está no bicarbonato de sódio: coloque o suficiente para que a mistura fique parecendo uma pastinha, um pouco menos líquida do que a receita do multiuso. Isso facilitará a distribuição do produto pelo forno e fogão, ainda mais que o indicado é deixar de molho. Experimente e conte o resultado para gente!

Chega de pia entupida!

Antes de se jogar em receitinhas caseiras, é necessário entender a fonte do entupimento. Clique aqui e confira os principais motivos com o AnaMaria Receitas. E uma vez que sabemos o que está causando esse problema, podemos resolvê-lo com uma receita simples: 

Ingredientes: 

  • 1 copo de sal
  • 4 litros de água
  • pano de prato

Comece colocando o sal dentro do ralo e aperte-o bem. Em seguida, despeje a água fervendo e tampe o ralo com o pano de prato para fazer pressão. Após 15 minutos sua pia deve estar novinha em folha!

Ovos estragados nunca mais: veja dicas!


Omeletes, bolos, cozido, frito, mexido… São milhares as opções de receitas com ovos. Por ser barato, versátil e saboroso, o ovo faz parte da rotina diária da maioria dos brasileiros. Seja no café da manhã, almoço, jantar ou até mesmo em sobremesas, o ovo provavelmente faz parte de suas refeições. 

No entanto, ele é um alimento bem sensível e estraga com uma facilidade e, cá entre nós, não tem nada pior do que cheiro de ovo podre. Por isso, para você não precisar mais sofrer com esse mal, o AnaMaria Receitas separou algumas dicas de armazenamento e preparo do ovo. Venha conferir a seguir!

Lugar de ovo é na geladeira?

Sim! Em temperatura ambiente e ainda mais em dias quentes, o ovo fica sujeito ao apodrecimento e a maneira de atrasar isso é levando-o à geladeira. No entanto, mesmo na geladeira o ovo pode ficar suscetível ao apodrecimento. Por estar em constante mudança de temperatura, a porta da geladeira é um lugar perigoso para guardar os ovos e aumenta a chance de proliferação de bactérias. Portanto, o recomendado é posicioná-los nas prateleiras da geladeira. 

Lavar os ovos é bom?

Esse é um mito muito comum da cozinha brasileira e muitos acreditam que lavar os ovos antes de guardá-los na geladeira é o melhor método para diminuir a proliferação de bactérias. Porém, o que muitos não sabem é que a lavagem pode ser agressiva à proteção natural do ovo e o resultado pode ser o oposto. Então, se ainda quiser higienizar os ovos antes de utilizá-los, opte por um papel toalha molhado e faça isso apenas antes do preparo. Dessa forma, seu ovo estará limpinho e bem protegido contra possíveis bactérias. 

Tire das embalagens

As pessoas que se preocupam com a limpeza do ovo já devem ter pensado nisso, mas é importante manter seus ovos fora da embalagem original. Essa dica se deve ao fato que várias pessoas encostam nas caixas de ovo no supermercado ou na feira e isso aumenta a chance de bactérias passarem tanto para os ovos quanto para o resto da sua geladeira. Portanto, uma dica é utilizar as forminhas de acrílico da própria geladeira, mas lembre-se de mantê-las limpas também!

Gema mole ou gema dura?

Gema mole ou gema dura? Foto: Pixabay

Outro cuidado que se deve ter é com a contaminação de doenças como a salmonela. Infelizmente, por mais saborosas sejam, a gema mole é a porta de entrada para essa intoxicação e cozinhá-la um pouco mais é a forma mais simples de prevenir essa doença. Por isso, o recomendado é preparar os ovos cozidos, fritos ou mexidos por 12 minutos no mínimo.   

Como saber se o ovo está podre sem quebrá-lo?

Para evitar o cheiro desagradável de ovo podre, veja essas dicas que o AnaMaria Receitas deixou para você:

1. Flash do celular.

Essa dica é simples e você precisará apenas de um ovo e seu celular. Comece ligando a lanterna do seu dispositivo e coloque o ovo contra ela. Se a luz iluminar a casca do ovo integralmente, ele está bom para o consumo. Se não, já descarte o ovo sem precisar contaminar sua casa com o cheiro ruim. 

2. Copo de água

Outra dica facinha é essa que precisa apenas de um ovo e um copo d’água. Coloque o ovo dentro do copo com água e veja se ele boia. Se boiar, jogue fora!

Enfim, é sempre importante tomar cuidado com todos os alimentos que consumimos e com o ovo não é diferente. Fique atento às embalagens, afinal, são nelas onde estão as formas de armazenamento e a validade de cada marca. Mesmo assim, o tempo indicado para o consumo de uma caixa de ovos é de 10 dias, depois disso é bom ficar alerta!

Truques fáceis para deixar seu fogão brilhando sem muito trabalho


Depois de preparar um banquete delicioso para sua família e amigos, vem a pior parte: deixar a cozinha limpa e em ordem.  Essa tarefa inclui a etapa mais temida para quem cozinha, limpar o fogão. Deixar esse aparelho limpinho não é uma tarefa de casa animadora e limpar a gordura, os grudes das peças do fogão, as migalhas queimadas e impregnadas na bancada do utensílio é uma atividade trabalhosa, mesmo sendo algo que, para quem cozinha diariamente, é uma obrigação constante. Entretanto, existem alguns truques que podem facilitar seu trabalho na hora de higienizar o fogão, e o AnaMaria Receitas vai te ensinar! 

Como limpar o fogão sem estresse? 

Antes de tudo, é importante ressaltar que o fogão deve ser limpo toda vez que for usado, pois, o acúmulo de sujeira vai ser menor e assim a limpeza será mais eficiente, menos trabalhosa e poderá ser realizada com apenas um simples desengordurante de mercado. Além disso, os restos de comida grudados por muito tempo, quando forem retirados, podem acabar arranhando o utensílio, por isso é sempre bom manter uma rotina de limpeza. 

Mas, para você que tem preguiça e não tem tempo de limpar todos os dias, alguns truques podem te ajudar a eliminar essa sujeira de forma fácil! 

Comece pela bancada

Retire as bocas e grades de seu fogão e limpe a bancada primeiro, mas antes, verifique se ela está fria. Para tirar a gordura, use detergente com uma esponja azul ou passe o lado amarelo da esponja comum, que é o lado menos abrasivo. E para manchas mais resistentes, faça uma mistura de água e bicarbonato de sódio até formar uma pasta. 

Para essa parte, evite esfregar com muita força e não use produtos como cloro e removedores a base de soda cáustica,  pois eles podem prejudicar seu utensílio. 

Limpe as grades e bocas

Um dos truques para tirar a gordura e sujeira acumulada nas bocas e grelhas é deixando as peças de molho em uma solução com bicarbonato de sódio, vinagre e água morna. A proporção é de uma xícara de chá de vinagre para cada litro de água. Deixe as peças nessa mistura por alguns minutos e depois esfregue com esponja e detergente 

Forno

Para o forno pode usar a mesma mistura utilizada nas grades e bocas. Aplique a solução de bicarbonato, vinagre e água por dentro do forno, espere alguns minutos e remova a mistura com uma esponja. Uma dica para a sujeira sair com mais facilidade é aplicar a solução com o forno levemente aquecido, mas cuidado para não se queimar! 

Vidros

Os vidros do forno e fogão devem ser higienizados por último e essa parte pode ser ainda mais suscetível a riscos do que a bancada de metal. Então, para limpar os vidros, use um detergente e finalize com limpa vidros. Mas, para quem gosta de misturinhas caseiras, tente limpar com o suco de um limão, duas colheres de sopa de vinagre branco e ¾ de xícara de água morna, a solução perfeita e desengordurante. 

Agora que você já sabe limpar seu fogão da maneira certa, que tal experimentar uma receita nova? Prepare essa Almôndegas com Molho de Açafrão cheia de sabor sem medo de sujar sua cozinha!