Como utilizar o amido de milho?


O amido de milho, também conhecido popularmente como “maizena” é nada mais nada menos do que um tipo de farinha produzida a partir do milho. Depois de um longo processo de produção, o grão se transforma em um talco comestível e extremamente versátil. 

No entanto, muitas pessoas acabam aproveitando pouco o amido de milho, simplesmente por desconhecerem suas diversas possibilidades de uso. Por isso, o AnaMaria Receitas te conta mais um pouco sobre esse talco mágico que tornará sua vida mais fácil – e saborosa!

Benefícios do amido de milho 

Como a maizena é derivada do milho, ela é rica em vitaminas do tipo A, E e do complexo B, além de possuir cálcio, potássio, fósforo, magnésio e zinco. Ela é rica em carboidratos, o que pode ajudar na absorção de proteínas e aminoácidos quando combinada com uma alimentação saudável e equilibrada. 

Fora isso, o amido de milho contém baixo índice glicêmico, o que ajuda a controlar a saciedade depois do consumo. E por ser derivado do milho, o amido não contém glúten, o que é perfeito para os intolerantes, celíacos ou para quem está de dieta. No entanto, sempre verifique a embalagem para ter certeza de que a maizena não tenha vestígios de farinha de trigo. 

A maizena é derivada do milho/ Foto: Pixabay

Uso na culinária

Como dissemos anteriormente, o amido de milho pode ser um bom coringa para o preparo culinário. Em massas de bolos e panquecas, ele pode ser usado para deixar o bolo mais macio. Mesmo que a receita leve farinha, você pode substituir uma parte e utilizar o amido no lugar. 

Além disso, ele é um bom espessante, o que significa que você pode utilizá-lo para engrossar molhos, caldos e até bebidas como o chocolate quente. No entanto, dissolva-o no leite ou água antes de acrescentá-lo na receita para que não fique empelotado. 

O amido também pode ajudar a salvar as receitas salgadas ou empanar bifes e fazer suas carnes ficarem com uma casquinha mais crocante. De qualquer forma, o uso do amido é bem diverso dentro e fora da cozinha!

Para além da cozinha

Por incrível que pareça, as utilidades do amido de milho não acabam por aqui. Ele também pode ser utilizado fora da cozinha, como tirar manchas. Isso porque ele é um agente antiaglomerante, o que significa que ele pode diminuir a umidade e retirar manchas de óleo, por exemplo. 

Além disso, você pode utilizá-lo para diminuir a oleosidade do cabelo, como aliviador de assaduras (inclusive de bebês) e picadas de inseto, além de prevenir a proliferação de fungos nos pés. 

Fica a dica!

Sendo assim, o amido de milho possui muito mais possibilidades de uso do que imaginamos. No entanto, por mais que seja positivo sempre tê-lo em casa, ele nem sempre é a melhor escolha. 

Na alimentação, por exemplo, ele pode ser substituído por outros alimentos mais nutritivos como a farinha de trigo, de aveia, de arroz, de mandioca ou até mesmo de tapioca. Já no uso cosmético, ele pode ser substituído por produtos específicos, ou até mesmo remédios feitos para o corpo. 

Portanto, o uso do amido de milho é como coringa, ou seja, quando não temos o produto específico podemos utilizá-lo, mas não necessariamente ele deve ser visto como protagonista, ok?