Como e por que evitar os industrializados?


Em uma rotina corrida normalmente temos pouco tempo para nos preocuparmos com a origem e procedência dos alimentos que levamos à  mesa. É por isso que o consumo de alimentos industrializados e ultraprocessados é altíssimo. 

Entre 2003 e 2018 houve um acréscimo de 56% da compra desses produtos, de acordo com o IBGE. Essa crescente pode ser explicada por se tratar de alimentos que tomam pouco tempo da rotina ou que já vem pronto.

Enlatados, embutidos, salgadinhos e comidas congeladas são belos atrativos, mas que nos fazem deixar de lado o cuidado com a nossa saúde. Esses produtos vêm acompanhados de uma série de substâncias e aditivos para dar cheiro, gosto e aspectos naturais, como corantes, aromatizantes, conservantes e muitos outros.

“Esses alimentos de prateleira, com prazo de validade muito longo, contém substâncias que intoxicam e inflamam o organismo, contribuindo para o desenvolvimento de doenças ao longo do tempo”, diz a nutricionista Renata Alvarenga para a Glamour.

Logo, além de não garantir uma dieta benéfica, os químicos presentes nesses alimentos podem causar obesidade, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e até câncer.

 

Como diferenciar no mercado?

Preste atenção aos rótulos, procure primeiramente produtos que tem o mínimo de ingredientes, normalmente são menos processados. Não caia em jogadas de marketing como “zero açúcar” “livre de gorduras”, isso não significa que são realmente saudáveis.

Veja se açúcar, sal ou gordura são um dos primeiros ingredientes que aparecem na lista de composição daquele produto, pois isso significa que vêm em bastante quantidade.

 

Quais alimentos evitar?

Embutidos
Embutidos

Refrigerantes e sucos de pozinho, são grandes inimigos de qualquer um que busca uma vida ou hábitos mais saudáveis. São quantidades absurdas de corantes e de açúcar, que podem levar a diabetes. “Opte por suco de frutas natural, água, chás ou água de coco”, aconselha a nutricionista, em entrevista à Glamour. 

Salgadinhos podem ser perfeitos para aquele belisco no meio da tarde ou durante um filme, mas estão lotados de sódio e apresenta com níveis altos de gordura que favorecem a hipertensão.

Você pode substituir com snacks caseiros, como essa pipoca caramelada.

Os embutidos são queridinhos na hora de acompanhar um café da manhã ou da tarde, vão muito bem com um pão. Mas presunto, bacon e salame são ricos em sódio e em gordura saturada. Que tal apostar em outros acompanhamentos como essa geleia?

Macarrão instantâneo é a escolha da maioria na hora de preparar uma janta rápida, mas você sabia que ele causa síndrome metabólica? Além de possuir quantidades de sódio e gordura altíssimas.

 

Dicas do AnaMaria Receitas:

  • Prepare marmitas 
  • Compre frutas da safra 
  • Troque o supermercado pela feira 
  • Invista nos temperos