Você sabia que esses alimentos são ultraprocessados?

Existem alguns alimentos que são ultraprocessados, mas ninguém sabe. Venha descobrir quais alimentos estão escondidos em rótulos de comidas saudáveis, mas são ultraprocessados.
Foto: Pixabay

Os alimentos ultraprocessados podem até ser atraentes, gostosos, econômicos e práticos para o nosso dia a dia, e esses são os motivos pelos quais os brasileiros consomem tanto esses tipos de alimentos. 

Publicidade

No entanto, por mais que eles sejam uma opção mais fácil, o consumo exagerado desses alimentos podem trazer diversos problemas para nossa saúde, justamente porque, segundo o Ministério da Saúde, são nutricionalmente desbalanceados e possuem alto teor em gorduras, açúcares e sódio. 

Mas, você sabe quais são os alimentos ultraprocessados? Conhece todos os tipos? Se não conhece, continue lendo porque o AnaMaria Receitas vai te contar para que você não tenha mais dúvidas, e tenha consciência do que está consumindo!

O que são os alimentos ultraprocessados?

Antes de te contar quais são os alimentos ultraprocessados, você precisa entender o que faz esses alimentos serem classificados desta maneira. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde (MS) classifica os alimentos em: in natura, minimamente processados, ingredientes culinários, processados e ultraprocessados. 

No caso dos alimentos ultraprocessados, são aqueles que a indústria fabrica, com a adição de sal ou açúcar, além de outros ingredientes para que eles durem mais e sejam mais agradáveis ao paladar, como aromatizantes, emulsificantes, espessantes, adoçantes, entre outros.

Publicidade

Podemos citar como alimentos ultraprocessados, alguns que nós já conhecemos, como salgadinhos de pacote, refrigerantes e bebidas adoçadas, macarrão instantâneo, biscoitos recheados e chocolates. Por conta de sua formulação e apresentação, eles podem ser consumidos em excesso e substituir alimentos naturais, ou minimamente processados. 

Você sabia que esses alimentos são ultraprocessados?

Se você acha que a lista de alimentos ultraprocessados acabou, saiba que existem alguns alimentos que consumimos no nosso dia a dia, que são ultraprocessados, mas nós achamos que não, justamente porque parecem saudáveis, mas estão apenas disfarçados. Podemos citar como exemplo:

Iogurtes aromatizados

Você provavelmente já consumiu aqueles iogurtes vendidos em cartelas, não é mesmo? Pois é, você deve tomar cuidado com esses alimentos, porque eles geralmente carregam uma infinidade de ingredientes que não fazem bem para nossa saúde. 

Publicidade

A melhor opção é trocar esses iogurtes por opções como os iogurtes naturais, que entram na categoria de minimamente processados. 

Sucos de caixinha

Se você troca os refrigerantes pelos sucos de caixinha, na esperança de consumir algo mais saudável, saiba que é praticamente trocar 6 por meia dúzia. Isso porque os sucos de caixinha possuem muitos ingredientes, mas pouquíssimas frutas. Lideram o rótulo, ingredientes como açúcares, corantes, conservantes e aromatizantes.

Barras de cereais

Outro ingrediente escondido em rótulos que podem nos enganar ao dizerem que são fitness, práticos e saudáveis. Mas de saudáveis eles não tem nada! Isso porque esses alimentos concentram altos níveis de corantes e aromas e apresentam grandes quantidades de açúcar.

Publicidade

Cereais matinais 

Se você tem o costume de consumir cereais no seu café da manhã, é importante ficar de olho nos rótulos dos alimentos que você está consumindo. Isso porque muitas marcas adicionam uma quantidade exagerada de açúcares, corantes, aromatizantes e diversos aditivos químicos com o objetivo de deixar seus produtos mais saborosos e atrativos.