Cortar o carboidrato emagrece? Descubra a verdade!

Com a ajuda da nutricionista Luiza Pioner, o AnaMaria Receitas vai te contar se o carboidrato é um vilão ou mocinho durante o processo de emagrecimento. Confira!

Quem está buscando o emagrecimento provavelmente já se deparou com inúmeras dietas malucas que prometem reduzir os quilinhos indesejados. E, normalmente, o que essas dietas possuem em comum é a restrição alimentar extrema, ou seja, você corta ou diminui drasticamente o consumo de alguns alimentos.

Publicidade

Dentre essas dietas, existe uma que você provavelmente já ouviu falar, ou até mesmo já testou, que é deixar de comer carboidrato na esperança de reduzir medidas. E quem nunca deixou de comer pães, arroz e macarrão, em busca de emagrecer, que atire a primeira pedra, afinal, essa crença é muito comum.

Mas, será que o carboidrato é realmente um vilão? Será que eliminá-lo da sua dieta vai fazer com que você emagreça mais rápido? Com a ajuda da nutricionista esportiva Luiza Pioner, o Ana Maria Receitas vai desmistificar essa história, além de explicar em detalhes o que são os carboidratos, qual a importância do macronutriente para o seu organismo e o que acontece com o nosso corpo quando o eliminamos drasticamente da alimentação diária. Venha conferir! 

O que é o carboidrato?

Para entender o que é o carboidrato, precisamos compreender que, quanto aos nutrientes, os alimentos são divididos em duas categorias: macronutrientes e micronutrientes. 

O carboidrato faz parte dos macronutrientes, juntamente com as proteínas e os lipídeos, e esse trio é a nossa base alimentar. Já os micronutrientes são mais específicos, como as vitaminas e os minerais, por exemplo. 

Publicidade

“Para termos uma vida saudável precisamos equilibrar os macronutrientes, pois dentro dele estarão esses MICROS. E por que devemos equilibrá-los? Por que cada um possui uma função diferente no corpo!”, ressalta Luiza. 

O carboidrato possui nada mais e nada menos do que a função de fornecer energia, ou seja, é a partir dele que conseguimos combustível para desenvolver as atividades da vida, como ter disposição para trabalhar e estudar. 

“De uma forma bem simplista, quando comemos carboidratos eles passam por alguns processos do corpo que vão extrair a capacidade energética dele, e ele vai ser estocado no nosso corpo como glicogênio. Esse glicogênio é guardado em dois lugares: no fígado (glicogênio hepático) e no músculo (glicogênio muscular). O glicogênio do fígado vai ser responsável por fazer a manutenção básica de energia”, explica a nutricionista. 

Publicidade

O que acontece se eu cortar o carboidrato da dieta?

Quando você elimina ou reduz drasticamente a ingestão de carboidratos da sua dieta, o seu organismo vai buscar outras formas para suprir essa energia perdida, criando um plano B para nos manter ativos. 

Nesse plano, o corpo vai quebrar o próprio músculo (catabolizar) para transformar em energia.

Depois de 48 horas, seu organismo vai perceber que segue sem carboidrato, e é nesse momento que entra o “plano C”, que se chama cetogênese, ou seja, vai usar gordura como fonte de energia. 

Publicidade

“E aí pode surgir a dúvida, “isso não é bom”? A verdade é que não por muito tempo, pois isso pode trazer consequências muito ruins, como irritabilidade excessiva, mudança frequente de humor, piora do funcionamento intestinal, piora da libido, queda de rendimento, dificuldade de prestar atenção, dor de cabeça, náusea, fraqueza e até mesmo mau hálito”, alerta Luiza sobre os efeitos da falta de carboidrato. 

Dito isso, fica o questionamento: vale a pena pôr a saúde em risco para perder peso de forma rápida e não consistente, podendo  recuperá-lo facilmente

Carboidrato X emagrecimento 

Muitas vezes, as pessoas colocam o carboidrato como o vilão da história, como se ele fosse o culpado para o ganho de peso. No entanto, precisamos entender que engordar é consumir mais do que você gasta, independente do que você está comendo. 

Publicidade

“Ao consumir mais carboidrato, o nosso corpo está absorvendo mais água, o que causa um aumento de volume corporal. É por isso que muitas pessoas associam o carboidrato à ideia de que vai aumentar o peso”, explica a nutricionista.

Luiza ainda alerta que a falta de carboidrato no processo de emagrecimento, gera uma falta de adesão à dieta pois, dificilmente alguém aguentaria ficar muito tempo sem o nutriente, já que muitos alimentos do nosso dia a dia possuem carboidratos. 

Além disso, para emagrecer precisamos aliar a alimentação com a prática de exercícios físicos, mas, sem o carboidrato, como você vai ter energia para treinar? 

Ao cortar radicalmente o carboidrato da sua dieta e aumentar o consumo de proteínas e gorduras, por exemplo, você pode até perder peso mais rápido, no entanto, se essa medida for feita sem orientação nutricional, e a longo prazo, você pode sofrer com o famoso “efeito rebote”, que acontece quando você volta a consumir esse nutriente normalmente, podendo ganhar mais peso do que perdeu. 

Carboidrato X emagrecimento  - Foto: Pixabay
Carboidrato X emagrecimento  – Foto: Pixabay

Mas, e as dietas “cetogênica” e “low carb”?

Você pode até ser adepto dessas dietas e achar que você está perdendo uns quilinhos graças a elas, o que não é mentira, porque, como explicamos acima, ao retirar o carboidrato, você deixa de ter tanta água dentro da célula e com isso, percebemos a mudança na balança. Mas, isso não significa que você perdeu gordura. 

“A dieta low carb e a dieta cetogênica são protocolos que, por vezes, podem ser utilizados em consultório como PARTE DO PROCESSO DE EMAGRECIMENTO e sob o acompanhamento de um especialista, mas JAMAIS devem basear a vida de uma pessoa para sempre!”, ressalta Luiza. 

Carboidratos do bem, para emagrecer!

Agora que você sabe a importância desse macronutriente para o seu organismo, a nutri dá dicas de 5 alimentos que não só podem, como devem estar inclusos em uma dieta para emagrecimento: aveia (em flocos, farelo, farinha); arroz integral; frutas (todas! Principalmente as da época, pois estão com os nutrientes super aumentados); pão integral e granola.  

Para completar, Luiza deu uma dica de um bolinho cheio de sabor e nutrientes para você aderir na sua dieta, confira essa delícia:

Receitinha de Banana bread (Pão de banana)

Ingredientes:

  • Farinha de aveia (1 xícara de chá)
  • 2 ovos
  • Óleo de girassol (4 colheres de sopa)
  • 2 bananas
  • Açúcar mascavo (1/2 xícara)
  • Essência de baunilha (1 colher de chá)
  • Fermento seco (1 colher de sopa)
  • Canela à vontade

Modo de preparo: 

Primeiro bata os ovos, as bananas e o óleo. Depois acrescente os ingredientes secos e está pronto. Assar em forma pequena por 40/50 min em 200°C.

Pão de banana - Foto: Pixabay
Pão de banana – Foto: Pixabay