Panetone: conheça a história desse doce e aprenda a fazer o panetone especial do AnaMaria Receitas.

O panetone é um dos queridinhos dos brasileiros e um doce que não pode faltar na mesa natalina. Conheça as lendas que cercam a origem do pão e aprenda a fazer nossa receita especial!

O cheirinho adocicado da baunilha, as frutas cristalizadas e uma massa fofinha são características marcantes do panetone, que apesar de ser tão tradicional no Brasil, tem origem europeia que, com o jeitinho brasileiro, foi adaptada com inúmeras variações de recheios para agradar ao paladar de todos. 

Publicidade

Você já se perguntou qual é a história e o porquê do panetone ser tão comum nos finais de ano? O AnaMaria Receitas te conta e te ensina a preparar um panetone especial! 

As lendas que cercam a origem do panetone

Apesar de sua origem ser marcada por mitos, a única coisa que as lendas possuem em comum é que o pão doce foi criado em Milão, na Itália.

Em uma das lendas, o panetone foi criado por um ajudante de cozinha chamado Toni, que era apaixonado pela filha do patrão, e teria inventado esse doce para impressionar o pai da garota. O nome veio dos fregueses que pediam o “Pani de Toni” que se transformou para o “panattón”  (vocábulo milanês), e depois para “panettone” (italiano).

Segundo outra lenda, o panetone foi criado entre os anos de 1494-1500 e nessa época o Natal era uma festa celebrada com banquetes grandiosos. No dia da ceia, um ajudante de cozinha chamado Toni deixou queimar a sobremesa, e então, improvisou utilizando uma massa fermentada para pão com açúcar, uva-passa e frutas cristalizadas. 

Publicidade

Outra lenda diz que Toni, o ajudante, estava preparando um banquete para a véspera de Natal, com duas massas, uma de pão e outra de torta de frutas, por engano, colocou as frutas na massa do pão, dando origem ao panetone, ou, “pão de Toni”. 

A verdadeira história do panetone

Pixabay/A verdadeira história do panetone
Pixabay/A verdadeira história do pão natalino

Apesar das lendas que cercam a origem do pão natalino, existe uma mais aceita do século 20. Segundo essa história, um padeiro de Milão realizou uma alteração na preparação da massa de pão doce típica, envolvendo-a com papel-manteiga. Isso fez com que o pão crescesse mais e ficasse com o formato de um bolo redondo. Após essa alteração diferenciada, os padeiros copiaram essa receita e espalharam a nova criação por toda Itália. 

Da Itália para o Brasil

Já que o panetone foi criado na Itália, porque ele é um símbolo natalino aqui no Brasil? A resposta é simples: A imigração é um processo que marcou a história do Brasil, e os italianos foram um dos principais grupos que vieram para o país. Com isso, o panetone foi trazido para o Brasil pelos imigrantes italianos, que ao chegarem em terras brasileiras, viram uma oportunidade de conseguir dinheiro vendendo produtos típicos da Itália, e um deles é o conhecido panetone.

Publicidade

Variações do panetone no Brasil

Variações com brigadeiro
Variações com brigadeiro

Chocotone, sorvetone, panetone com recheio de doce de leite, brigadeiro, vale tudo para agradar o gosto brasileiro. Já na Itália o pão doce é igual a receita original e ponto final, não existem variações, estas foram criadas no Brasil. 

Os italianos são bem criteriosos com suas receitas tradicionais e os ingredientes para preparar o panetone italiano são simples e precisam ter as proporções corretas, nada a mais e nada a menos. 

Receita de panetone do AnaMaria Receitas

Panetone especial do AnaMaria Receitas
Panetone especial do AnaMaria Receitas

Agora que você conhece a história do doce natalino, venha conhecer a receita especial do AnaMaria Receitas que foi preparada com um toque especial do jeitinho brasileiro que gostamos. Aprenda o passo a passo aqui mesmo!

Publicidade