Como gerar menos lixo na cozinha?

O AnaMaria Receitas vai te dar dicas para gerar menos lixo na sua cozinha. Venha conferir!

Você sabia que um dos lugares onde mais produzimos lixo é na cozinha? Pois é, resíduos como embalagens plásticas, restos de ingredientes, sobras de refeições e papeis são algumas das coisas que mais jogamos fora. 

Publicidade

Segundo dados mais recentes divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) os materiais orgânicos representam 57,41% do total de resíduo sólido produzido no Brasil, como sobras de alimentos. O restante é composto por plástico (16,49%), papel e papelão (13,16%), vidro (2,34%), material ferroso (1,56%), alumínio (0,51%) e outros materiais (8,56%).

Produzir lixo é natural, no entanto, algumas pessoas produzem uma quantidade exagerada, que facilmente poderia ser evitada com algumas mudanças simples de hábitos, mudanças essas que trazem benefícios para o planeta. 

Por isso, para te ajudar a gerar menos lixo na cozinha, o AnaMaria Receitas vai te dar algumas dicas essenciais. Venha conferir! 

Evite o desperdício de alimentos

Sabe quando erramos a mão e acabamos cozinhando mais comida do que o necessário? Isso é normal de acontecer, no entanto, isso gera um desperdício enorme de alimentos e mais acúmulo de lixo orgânico. 

Publicidade

Outro ponto importante é organizar suas compras. Faça uma lista básica do que você precisa no dia a dia, assim você economiza dinheiro e o risco de perder produtos por conta da validade é menor. 

Aproveite os alimentos completamente 

Se você é aquele tipo de pessoa que aproveita tudo dos alimentos, como cascas, talos, e folhas em receitas novas, o meio ambiente agradece! Mas se você não faz isso, comece a aplicar no dia a dia. Por isso, você pode preparar receitas deliciosas com alimentos que você jogaria fora, como esse arroz com casca de cenoura, suco com cascas de frutas, doce com casca de banana e uma torta de talos e queijo. 

Faça compostagem com o lixo orgânico

A compostagem consiste na transformação de alimentos em adubo, ele trabalha na decomposição de resíduos orgânicos para a criação de uma substância rica em nutrientes, que serve como um fortificante natural para o solo. Essa é uma maneira de aproveitar seu lixo orgânico de uma maneira muito criativa e sustentável! 

Publicidade

Diminua as embalagens 

Normalmente os alimentos industrializados são vendidos em embalagens de plástico, que são extremamente prejudiciais à natureza, visto que o plástico demora 500 anos para ser decomposto no meio ambiente. Mas, como sabemos que é praticamente impossível ficar sem industrializados, a dica é optar por produtos com embalagens de papel, vidro  e metal, que podem ser reaproveitados ou corretamente reciclados. 

Reaproveite as embalagens para armazenamento

Aliado a dica anterior, essa dica é para você que comprou embalagens com um pote legal, já usou todo o produto e ia jogá-lo fora. Antes de jogar no lixo, você pode lavar esse pote após o fim do produto e utilizá-lo para outros fins. Alguns exemplos são os potes de vidros, que podem ser usados para armazenar molhos e compotas, potes de sorvete que podem ser usados para congelar comidas e o vidro do requeijão pode ser utilizado como copo. 

Leve sua própria sacola ao supermercado

Ao optar pelas próprias sacolas reutilizáveis você está diminuindo a circulação de sacolas plásticas, que no mundo chega à espantosa marca de 1,5 bilhão de unidades por dia. Pois é, como falamos acima o plástico demora muito tempo para se decompor na natureza, por isso é importante evitar o seu consumo. 

Publicidade

As sacolas de tecido são superpráticas, resistentes e servem para diversas situações, por isso, invista nelas! 

Use o delivery com moderação

Nada mais prático do que pedir comida por delivery, não é mesmo? Por mais que ele salve nossas vidas em dias corridos, ou em dias que não estamos muito afim de cozinhar, os deliverys não são uma opção consciente ambientalmente, isso porque com a grande quantidade de embalagens utilizadas, mais lixo é gerado. 

Portanto, delivery deve ser uma exceção, cozinhar em casa é muito benéfico para a sua saúde e para o meio ambiente também! 

Publicidade